Bahia contrata diretor investigado por uso irregular de verba pública

Autor(a): Redação Bocão News (Twitter: @bocaonews) em 30 de Julho de 2014 08:29

Rodrigo Pastana Jorquera, novo diretor de futebol do Bahia, desembarca em Salvador com um processo por improbidade administrativa na bagagem. Reportagem do Correio publicada nesta quarta-feira (30) revela a suspeita de irregularidades no convênio firmado entre a prefeitura de Barueri e o Grêmio Barueri Futebol Ltda, do qual Pastana foi sócio entre julho de 2008 e maio de 2011.

A ação proposta pelo Ministério Público de São Paulo (MP-SP) aponta indício de uso de verba pública de maneira irregular, principalmente, para o pagamento de salário de jogadores. Em março de 2012, a juíza Nilza Bueno da Silva, da Vara da Fazenda de Barueri, decidiu bloquear os bens de oito pessoas e duas empresas.

Além de Pastana e dos outros cinco sócios no Grêmio Barueri, incluindo seu pai, Walter Jorquera Sanches, que foi secretário de Esporte do município paulista, respondem o atual prefeito de Barueri, Gil Arantes; e seu antecessor Rubens Furlan. O processo ainda está em andamento. Os investigados tentaram desbloquear os bens junto à Justiça paulista, mas o último recurso, em agosto do ano passado, foi negado. A última movimentação foi no dia 23 de julho, há uma semana.

Além da Grêmio Barueri Futebol Ltda, outra empresa da qual Rodrigo Pastana fez parte é investigada pelo MP/SP. A Grêmio Talentos e Representações Ltda possui os mesmos seis sócios do clube, o que levantou suspeitas por parte da Justiça. De acordo com documento na Junta Comercial de São Paulo (Jucesp), a Grêmio Talentos, fundada em maio de 2009, trabalha com “agenciamento de profissionais para atividades esportivas, culturais e artísticas”.

A reportagem não conseguiu localizar jogadores que fazem parte do “casting” da empresa, que, atualmente, não tem site próprio. O documento da Jucesp indica que Pastana fez parte do quadro de sócios da empresa de agenciamento até março deste ano. No período, além de ter sido sócio do Barueri, foi gestor de futebol de Cascavel-PR (2011), Goiás (2011), São José-SP (2011/12), Criciúma (2012/13) e Figueirense (2013/14). Seu pai, Walter Sanches, segue como acionista majoritário da Grêmio Talentos e Representações Ltda.

Whatsapp
Mande um Comentário
Os comentários não representam a opinião do portal Galáticos Online. A responsabilidade é do autor da mensagem.

Mais noticias


Ver todos

Publicidade

Fotos

Publicidade

Publicidade